Educação para a Cultura e para a Criatividade
PARCEIROS MEMÓRIA CRIATIVA

Casa do Infante
A Casa do Infante é hoje um complexo de edifícios que foram sendo construídos para albergar os serviços da Coroa no Porto: Alfândega, Casa da Moeda e a Contadoria da Fazenda.
A sua história remonta a 1325, quando o rei D. Afonso IV mandou construir o “almazem” régio, contra a vontade do Bispo, então senhor do burgo.
A figura do Infante D. Henrique contribuiu para o prestígio do monumento. O nascimento do príncipe ocorreu a 4 de Março de 1394, segundo a tradição, na Alfândega Régia.
Neste edifício encontra-se instalado o Arquivo Histórico Municipal do Porto.
A classificação do imóvel como Monumento Nacional data de 1924.
A Casa do Infante sofreu importantes obras de beneficiação entre 1958-1960 e 1998-2003.

*Texto retirado do site oficial da Casa D.Infante -
Site

Parceiro em 2012:

EB1 da Corujeira
"Animais no Porto, na Arte e na Ciência"

Parceiro em 2013:

EB1 Campo 24 de Agosto
"De Ponte em Ponte: pontes do rio Douro"

Douro Azul
A beleza incomparável do Douro merece ser partilhada, explorada, sentida e apreciada. São estas características que estão na base da fundação da DouroAzul, empresa de cruzeiros fluviais do rio Douro.

A empresa Ferreira & Rayford Turismo foi criada em 1993, com o objectivo de promover cruzeiros no Rio Douro com a exploração do Património envolvente, tendo adquirido em 1996 a empresa Douro Azul.

A Douro Azul tem uma vasta frota, composta por réplicas de barcos Rabelos, iates e diversos navios-hotel.

Desde a sua fundação que a Douro Azul assume a missão de disponibilizar por terra, água e ar meios capazes de tornar a experiência no Vale do Douro numa viagem de incomparável beleza.

Parceiro em 2013:

EB1 Campo 24 de Agosto
"De Ponte em Ponte: pontes do rio Douro"

Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto


Parceiro em 2013:

EB1 Campo 24 de Agosto
"De Ponte em Ponte: pontes do rio Douro"

Media Lab - Jornal de Notícias
Questionar, mexer e criar são as palavras de ordem do Media Lab, que proporciona aos alunos e professores uma visita dinâmica ao JN.

O projeto Media Lab tem como objetivo estimular uma relação proativa com os Media, em particular com a imprensa. Reunindo um conjunto de atividades criativas, esta iniciativa pretende familiarizar os participantes com as mais diversas ferramentas de divulgação da notícia, bem como sensibilizar para a importância da informação de qualidade.

Com uma forte aposta no uso das tecnologias multimédia na difusão da informação, o Media Lab funciona também como centro de formação sobre as plataformas e ferramentas da Internet que melhor servem o processo comunicativo e informativo.

Parceiro em 2013:

EB1 da Pasteleira
"Educação para os Média - os Média, a Arte e o Património da Cidade do Porto"

Museu de História Natural da Escola Secundária Alexandre Herculano
O Museu de História Natural foi fundado no ano 2000 e é, desde 2002, o primeiro Museu desta área temática, aberto ao público, no norte do país.
O espaço museológico correspondente à exposição permanente ocupa o primeiro andar da fachada principal do edifício da Escola Secundária de Alexandre Herculano.
Este edifício é da autoria do arquiteto Marques da Silva, começou a ser construído em 1916 e iniciou a sua actividade como Liceu no ano letivo de 1921-1922.

O património que, atualmente, faz parte do museu encontrava-se armazenado em várias salas do departamento de Ciências Naturais e era parcialmente utilizado nas aulas de Biologia e de Geologia. Dado o elevado valor das coleções, no ano 2000, os professores desta área disciplinar apresentaram um projeto de criação do “Museu de Ciências Naturais”, acompanhado do respetivo regulamento, para ser aberto à comunidade escolar e extra-escolar, que foi aprovado pela direção da escola.

*Texto retirado do site oficial do MHNESCA - http://www.museuhistnat.eu/main/museu.php

Parceiro em 2012:

EB1 da Corujeira
"Animais no Porto, na Arte e na Ciência"

Parceiro em 2013:

EB1 Campo 24 de Agosto
"De Ponte em Ponte: pontes do rio Douro"

Museu dos Transportes e Comunicações
Exposição

Gostaria de exercitar os seus sentidos? A comunicação parte a bordo de um zeppelin? Já pensou em comunicar com uma família de águias? Será possível “mergulhar” entre os comboios da estação de S. Bento? Será agora a Alfândega a Casa da Comunicação?

Na visita ao museu não vai querer perder a oportunidade de descobrir respostas para estas e muitas outras perguntas na exposição COMUNICAR. Diferentes perspetivas sobre a comunicação interpelam permanentemente os visitantes e convidam para momentos ímpares e marcantes. Um espaço de experiências, de emoções. Um espaço de diversão e de aprendizagem. Um espaço de reflexão. Um espaço para COMUNICAR.

Parceiro em 2013:

EB1 da Pasteleira
"Educação para os Média - os Média, a Arte e o Património da Cidade do Porto"

Museu Nacional da Imprensa
O Museu Nacional da Imprensa, inaugurado em 1997, é propriedade de uma entidade cultural privada, sem fins lucrativos, a AMI - Associação Museu da Imprensa.
Este museu é o único "museu vivo" de Imprensa da Península Ibérica. Possui um dos maiores patrimónios mundiais em artes gráficas e está aberto 365 dias por ano. Realiza exposições temporárias, sempre diferentes, a par da sua exposição permanente.
Os visitantes podem manusear as dezenas de máquinas em funcionamento e exercitarem-se nas antigas artes da composição e impressão.
O Cartoon constitui um dos eixos do Museu, através da Galeria da Caricatura e do PortoCartoon World Festival, realizado anualmente, é considerado um dos maiores festivais de caricatura do mundo.

Parceiro em 2010:

EB1 do Bom Pastor
"Património e Identidade: Jogo da Memória | Trivial"

Parceiro em 2011:

EB1 da Fontinha
"Património e Identidade: Jogo da Memória | Trivial"

EB1 do Falcão
"Património e Identidade: Jogo da Memória | Trivial"

Parceiro em 2012:

Conservatório de Música do Porto
"Livro de Curso Digital e Impresso: Eu e os outros na escola e na cidade"

Parceiro em 2013:

EB1 da Pasteleira
"Educação para os Média - os Média, a Arte e o Património da Cidade do Porto"

Museu Nacional de Soares dos Reis
Reunindo as obras provenientes dos conventos extintos na sequência da Revolução Liberal, D. Pedro, Duque de Bragança, fundou em 1833, no Convento de Santo António da Cidade em S. Lázaro, o Museu Portuense de Pinturas e Estampas. Sendo o mais antigo museu público de arte do país, o crescimento das coleções determinou mudanças na sua designação tendo sido conhecido como Museu Portuense, Museu Soares dos Reis (em 1911) e Museu Nacional de Soares dos Reis (desde 1932), altura em que se instalou no atual edifício.
O Museu expõe coleções de pintura e escultura dos séculos XIX e XX, assim como artes decorativas - cerâmica, ourivesaria, mobiliário, vidros, lapidária; tem sob a sua alçada a Casa Museu Fernando de Castro.

Parceiro em 2010:

EB1 do Bom Pastor
"Património e Identidade: Jogo da Memória | Trivial"

Parceiro em 2011:

EB1 da Fontinha
"Património e Identidade: Jogo da Memória | Trivial"

EB1 do Falcão
"Património e Identidade: Jogo da Memória | Trivial"

Parceiro em 2012:

Conservatório de Música do Porto
"Livro de Curso Digital e Impresso: Eu e os outros na escola e na cidade"

Parceiro em 2013:

EB1 Campo 24 de Agosto
"De Ponte em Ponte: pontes do rio Douro"

EB1 da Pasteleira
"Educação para os Média - os Média, a Arte e o Património da Cidade do Porto"

Porto Canal
O Porto Canal é um canal de televisão dedicado à região Norte, em especial à região do Porto.

Iniciou as suas emissões a 29 de Setembro de 2006, com uma programação que apostava na informação de interesse específico para concelhos que integram o Grande Porto. Em 2009, por altura do seu tercerio aniversário, deixou de estar focado unicamente na região do Grande Porto, abrindo-se à restante região Norte, com novos programas e com a abertura de delegações em 7 cidades.

A programação assenta sobretudo na informação e em programas com conteúdos ligados às áreas da cultura, da saúde e da História.

Parceiro em 2013:

EB1 da Pasteleira
"Educação para os Média - os Média, a Arte e o Património da Cidade do Porto"

Rádio Manobras
Uma rádio para a cidade.

Este é, em primeiro lugar, um projecto de construção de uma radio comunitária para a cidade do Porto. Comunitária no sentido de ser aberta à comunidade e disponível para comunicar com as comunidades que regularmente habitam, trabalham, dão vida e definem a identidade da cidade, em particular do seu centro histórico.
A Rádio Manobras instala-se fisicamente no Centro Histórico do Porto e propaga-se a partir dele como voz dos habitantes, sejam eles públicos, privados, associativos, empenhados, discretos. É uma rádio de bairro e uma rádio da cidade, do Centro Histórico e do Porto.
Constitui-se assim como local de encontro da cidade, ponto privilegiado de inter-reconhecimento de todos quantos estejam nela a contribuir para o seu valor diverso. É ainda um espaço de investigação da rádio, nas suas possibilidades expressivas, interventivas, e de conteúdo.
A cidade plural é simultaneamente origem e destino do trabalho da Rádio Manobras: as pessoas que vivem e trabalham no Centro Histórico, os comerciantes e actores económicos da cidade, as instituições sociais e culturais, os agentes artísticos e o espaço público.
A programação da Rádio Manobras concretiza-se como amplificação da voz da cidade, dos cidadãos e das instituições, através de programas organizados em torno de temas relevantes, de reportagens e da transmissão de eventos e como espaço de arquivo e experimentação sonora, com novas narrativas e sonoridades.

Parceiro em 2013:

EB1 da Pasteleira
"Educação para os Média - os Média, a Arte e o Património da Cidade do Porto"

RTP - Rádio e Televisão de Portugal
A Rádio e Televisão de Portugal (RTP) é uma empresa estatal portuguesa que inclui a rádio e a televisão públicas.

A RTP, na altura Radiotelevisão Portuguesa, foi constituída em 1955 por iniciativa do Governo. As emissões experimentais da RTP iniciaram-se em 1956, a partir da Feira Popular de Lisboa, mas as emissões regulares só viriam a acontecer a partir de 7 de Março de 1957.

A RTP, enquanto estação de serviço público, assume como missão e objetivos, entre muitos outros, assegurar uma programação variada e de referência, que procure a valorização cultural e educacional dos cidadãos; promover, com a sua programação, o acesso ao conhecimento e à aquisição de saberes, assim como o fortalecimento do sentido crítico do público e ainda proporcionar uma informação isenta, rigorosa, plural e contextualizada, que garanta a cobertura noticiosa dos principais acontecimentos nacionais e internacionais.

Parceiro em 2013:

EB1 da Pasteleira
"Educação para os Média - os Média, a Arte e o Património da Cidade do Porto"