Educação para a Cultura e para a Criatividade
Cinema no Museu Nacional de Soares dos Reis
Ciclo de cinema documental no Museu no mês de agosto
01
AGO
2013

Todas as quintas feiras do mês de agosto pelas 22h00, o Cineclube do Porto leva ao Museu Nacional de Soares dos Reis um ciclo documental, que conta com a exibição dos seguintes filmes:

1 de agosto - PEDRO CALAPEZ – TRABALHOS DO OLHAR de Luís Miguel Correia
Este filme olha de perto o artista Pedro Calapez no seu atelier ou na montagem de uma exposição, "revelando o seu processo de criação, indagando a própria especificidade da pintura."

8 de agosto - ANTÓNIO SENA – A MÃO ESQUIVA de Jorge Silva Melo
"António Sena expõe desde 1964. Serralves realizou em 2003 uma extraordinária retrospectiva de António Sena. Eu não o conhecia pessoalmente; mas conhecia-lhe grande parte da obra discreta, intensa, original. Surgiu a ideia de fazermos um filme: não um documentário histórico, retrospectivo, mas uma maneira de ver a transformação das formas no tempo. E fomos filmando: entre 2003 e 2009. O que me interessou foi filmar-lhe “a incessante mão”, a mão que escrevinha, rasura, escreve, acrescenta, pinta e apaga ou pinta e inscreve. Incessantemente. E se esquiva.", escreveu o realizador Jorge Silva.

15 de agosto - 6=0 HOMEOSTÉTICA de Bruno de Almeida
Documentário sobre o movimento Homeostética, que surgiu em Lisboa nos anos 80 e foi constituído pelos artistas Fernando Brito, Ivo, Pedro Portugal, Pedro Proença, Manuel João Vieira e Xana. "Utilizando o humor como estratégia de demarcação crítica, a Homeostética manteve sempre uma posição marginal de fortes influências Dadaistas e desenvolveu uma intensa produção que resultou em exposições, textos, manifestos, filmes, concertos e outras performances colectivas."

22 de agosto - BANKSY – PINTA A PAREDE! de Banksy
"Documentário assinado pelo artista de rua Banksy, que traça a história de um movimento, a street culture. O documentário segue vários artistas, alguns dos quais considerados hoje estrelas, entre os quais o próprio Banksy que apesar do anonimato é um dos mais famosos artistas britânicos, ao mesmo tempo que perspetiva o valor da arte e o que é ou não considerado autêntico hoje em dia."

29 de agosto - A ARCA RUSSA de Aleksandr Sokurov
"2.000 actores, 33 salas do Museu Hermitage, 300 anos de História da Rússia ensaiado durante 3 meses, filmado de uma só vez, num único plano-sequência de 90 minutos".

A entrada é livre. Além das sessões de cinema, às quintas feiras as visitas ao museu são gratuitas a partir das 18h.

Fonte: Cineclube do Porto

< LISTA GERAL DE NOTÍCIAS