Educação para a Cultura e para a Criatividade
Feliz dia da liberdade
Hoje comemora-se o 39° aniversário da Revolução dos Cravos
25
ABR
2013

"Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo".

Escreveu Sophia de Mello Breyner a propósito da Revolução do 25 de Abril de 1974, uma revolução que pôs fim ao regime ditatorial do Estado Novo, vigente desde 1933.

A Revolução dos Cravos, como é conhecida devido à colocação de cravos vermelhos pelos populares nos canos das espingardas dos militares, permitiu a instauração de um regime democrático em Portugal, colocando fim a 41 anos de censura, prisões políticas e perseguições a opositores do regime levados a cabo pelo Estado Novo.

Uma das conquistas da Revolução é precisamente a Constituição de 1976, criada após as primeiras eleições livres de 1975, que estabelece como direitos dos cidadãos, entre outros, a proteção à saúde, o acesso à educação e a liberdade de expressão.

A Revolução de Abril é a revolução da liberdade. Liberdade política, liberdade civil, liberdade de acesso e de produção de informação, liberdade de acesso ao conhecimento e à cultura e liberdade de criação e divulgação de obras artísticas e culturais. No fundo, é a liberdade de sermos, de termos a nossa própria identidade individual e coletiva.

< LISTA GERAL DE NOTÍCIAS