Educação para a Cultura e para a Criatividade
Aniversário da morte de Agostinho da Silva
Hoje assinala-se o 19º aniversário da morte de Agostinho da Silva
03
ABR
2013

Filósofo, poeta e ensaísta, Agostinho da Silva nasceu no Porto a 13 de Fevereiro de 1906.

Em 1928, licenciou-se em Filologia Clássica na Faculdade de Letras da Universidade do Porto com 20 valores. Nesse ano passou a colaborar com a revista "Seara Nova".

Agostinho da Silva foi preso pela polícia política - PVDE - em 1943, devido à oposição ao regime salazarista, abandonando o país no ano seguinte, rumo ao Brasil, onde viveu até 1969. Nesse ano, depois da morte de Salazar, regressou definitivamente a Portugal. Lecionou em várias universidades, dirigiu o Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade Técnica de Lisboa e foi consultor do Instituto de Cultura e Língua Portuguesa, atual Instituto Camões.

Durante a sua vida, entre ensaios filosóficos, livros de poesia e biografias, Agostinho da Silva publicou dezenas de obras. O seu pensamento afirma a Liberdade como a mais importante qualidade do ser humano. Agostinho da Silva pode ser considerado um filósofo prático, empenhado, através da sua vida e obra, na mudança da sociedade.

Agostinho da Silva morreu em Lisboa em 1994, com 88 anos.

Fotografia retirada do "Portal Agostinho da Silva" - http://www.agostinhodasilva.pt/

< LISTA GERAL DE NOTÍCIAS