Educação para a Cultura e para a Criatividade
Luzia na Fundação José Rodrigues
Luzia Guilhermina visita a Fundação José Rodrigues, gosta, e conta como foi.
13
FEV
2013


Galeria:

Ontem, quando pensava que ia ficar a dormir o dia todo para à noite estar fresca para as minhas voltas pela cidade, fui convidada para uma visita ao exterior pela Memória Criativa. Queriam companhia para visitar a Fundação José Rodrigues, aqui no Porto. Ainda bem que fui.

Tivemos uma visita personalizada pela exposição, realizada pelo Nuno Senra. Conhecemos a oficina onde o escultor José Rodrigues trabalha, a área de exposições temporárias, a loja e até vi (por fora) onde o escultor mora. Gostei da oficina, cheia de pó, de ferramentas e obras ainda inacabadas. Cheira a talento.

Para quem desconhece, como eu até ontem, José Rodrigues é um escultor muito famoso aqui no Porto e arredores (mundo). Este artista tem imensas obras espalhadas pela cidade, como o Cubo, na Ribeira - mais tarde teremos todos os pormenores sobre esta e outras obras, quando o programador do site decidir trabalhar. Conheço bem esta escultura porque é lá que passo grande parte dos meus dias a afugentar as pombas que insistem em ali pousar e sujar. Como vão poder ver nas fotos que tirei (por momentos desliguem da lógica de uma morcega pequenina andar de máquina fotográfica), a Fundação tem uma outra obra do José Rodrigues com a mesma modelo da Menina Nua de Henrique Moreira.

Depois de conhecermos a oficina e a exposição temporária, fomos conhecer um edifício agregado à Fundação onde alguns artistas realizaram alguns graffitis. Gostei imenso. E dá um ambiente fantástico ao edifício semi-abandonado. Tirei várias fotos desta zona como podem ver na galeria. Curiosamente encontrei alguém lá: acho que era o Gonçalo mas em modo civil, fora das luzes da ribalta...

Aconselho vivamente a visita à Fundação José Rodrigues.

Escrito por: Luzia Guilhermina (+info)

< LISTA GERAL DE NOTÍCIAS