Educação para a Cultura e para a Criatividade
Aniversário da Ponte da Arrábida
A Ponte da Arrábida comemora hoje 50 anos
22
JUN
2013


Galeria:

A Ponte da Arrábida foi inaugurada no dia 22 de Junho de 1963. Projetada pelo engenheiro Edgar Cardoso, é a primeira ponte de betão armado do Porto e é constituída por duplo arco cujo vão, de 270 metros, foi na época o maior do mundo.

A construção da Ponte da Arrábida rodeou-se de uma enorme criatividade e todo o processo de construção foi acompanhado por inúmeros entusiastas, incluindo engenheiros de todo o mundo.

Obra complexa da engenharia, a elevação e movimentação de um cimbre metálico de 2.200 toneladas para construir um arco de betão sem apoios intermédios por causa de um rio demasiado rebelde e profundo constituíram uma "autêntica operação de relojoaria", disse à Lusa Manuel Matos Fernandes, professor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). A edição de junho de 1963 da revista "O Tripeiro" indica que a subida e fecho do cimbre "com 80 metros de comprimento, 11 de largura e 465 toneladas" demorou cinco dias, em 1961.

Nas extremidades da ponte existem quatro ascensores, hoje desativados, com esculturas de Barata Feyo, do lado do Porto, e de Gustavo Bastos, do lado de Vila Nova de Gaia.

A ponte deu um novo centro ao Porto, permitindo a ligação da auto-estrada entre Porto e Lisboa e contribuindo para a urbanização do Campo Alegre e do Candal.

50 anos depois da sua inauguração, continua a ser um dos expoentes da engenharia portuguesa. Em Maio de 2013, um mês antes do 50º aniversário da sua inauguração e no ano em que se comemora o centenário do nascimento de Edgar Cardoso, a Ponte da Arrábida foi classificada como monumento nacional.

Edgar Cardoso é uma figura genial na engenharia civil pela sua capacidade inventiva e métodos originais. Projetou mais de 10 pontes em Portugal, consideradas autênticas obras de arte pela estética, leveza e inovação.

Para assinalar a data, realiza-se hoje a conferência "50 Anos da Ponte da Arrábida, 100 anos de Edgar Cardoso", promovida pelo Pelouro do Conhecimento e Coesão Social, às 15.30h no Palacete Viscondes de Balsemão.

Às 17 horas é inaugurada no Museu Nacional de Soares dos Reis (MNSR) a exposição “Entre as Margens – Representações da Engenharia na Arte Portuguesa”, uma mostra de pintura de alguns dos mais significativos artistas plásticos portugueses, coorganizada pela FEUP, FBAUP e MNSR e comissariada por Bernardo Pinto de Almeida.

< LISTA GERAL DE NOTÍCIAS