Educação para a Cultura e para a Criatividade
Sessão
Publicidade - objetivos e estratégias
05 Abril 2013
Entidade
Promotora
Associação Porto Digital
Orientação
Cátia Monteiro


Ao longo deste projeto de educação para os média temos trabalhado a comunicação. A comunicação com o outro, com os objetos e com as massas. Já trabalhámos a comunicação informativa , ou seja, o jornalismo, por isso chegou o momento de abordarmos a comunicação de caráter persuasivo - a publicidade.

Começámos por dizer o que associamos à publicidade... Vídeos, imagens, concertos, peças de teatro, anúncios com jogadores de futebol...
Mas será que sabemos o que é a publicidade? E que estratégias usa para nos persuadir/convencer/sensibilizar ?

Antes de mais, a publicidade é a difusão pública de ideias, produtos ou valores associados a empresas ou instituições. Tem como objetivo final levar à compra de um produto ou à adoção de ideias ou comportamentos. Para isso a publicidade utiliza diversas estratégias quem nem imaginávamos! Sabiam que a publicidade cria em nós a sensação de necessidade de produtos que nem sempre precisamos? É verdade! Mas a publicidade não apela só às nossas necessidades, apela também aos nossos sentidos, às nossas memórias e até aos nossos sentimentos. Agora que já conhecemos as estratégias publicitárias todas ou quase todas vamos partilhá-las convosco:

1. Linguagem simples - Já repararam que as frases dos anúncios são curtas? E que os verbos estão conjugados no imperativo?

2. Representantes - As marcas recorrem a pessoas famosas para as representar. Se gostamos delas, confiamos nelas e nos produtos que usam e nas marcas que representam.

3. Valores e emoções - Os anúncios transmitem-nos emoções, variando consoante o tipo de anúncio e de produto. Mas a felicidade está quase sempre presente nos anúncios.

4. Slogan - Sabem o que é? Nós explicamos: um slogan é uma espécie de lema de uma marca. É uma frase curta e de fácil memorização que fica no nosso ouvido.

5. Música - A música transmite emoções e estabelece associações à marca.

6. Mascotes - Sabem o que é uma mascote? A Memória Criativa tem várias! As mascotes são também representantes das marcas ou dos produtos.

Mas a publicidade não serve só para nos convencer a comprar um produto. Transmite valores e procura levar-nos a adotar comportamentos cívicos, ou seja, valores essenciais para termos uma relação responsável com o outro e com o mundo em que vivemos. Por exemplo, os anúncios que apelam a uma condução responsável, à separação do lixo ou a cuidar bem dos animais.

Ouvimos publicidade na rádio, vemo-la na televisão, nos jornais, na internet, em cartazes, em "outdoors" e até em filmes... A publicidade está presente em quase todo o lado e pode ter vários formatos, o que importa é que seja criativa para chamar a atenção do seu público!

Depois de descobrirmos as táticas da publicidade e dos publicitários, chegou a altura de analisarmos com atenção alguns anúncios, percebendo qual é a marca, o produto, o público-alvo e as estratégias de persuasão. Cientes destas estratégias, a partir de agora ficaremos mais críticos em relação à publicidade, ponderando se realmente precisamos daquele produto ou se a nossa vontade de o ter é apenas uma ilusão criada pelo mundo da publicidade.

Esta sessão terminou da forma mais doce possível. Sim, comemos bolo de chocolate feito pela Marlene! O desafio é fazermos um anúncio para publicitarmos o bolo! Na próxima sessão vamos apresentar os nossos "spots", com recurso a figurinos e adereços. Não percam!

< LISTA DE ACTIVIDADES