Educação para a Cultura e para a Criatividade
Sessão
À conversa com objetos: o Museu Nacional de Soares dos Reis vai à escola
18 Janeiro 2013
Entidade
Promotora
Associação Porto Digital
Parceiro(s)
Museu Nacional de Soares dos Reis
Orientação
Paula Azeredo


Museus… Arte… Objetos… Comunicação… Será que os objetos comunicam? E as obras de arte? Que histórias terão para contar? O que poderão dizer sobre nós os nossos objetos pessoais?

Com a Paula Azeredo, do Museu Nacional de Soares dos Reis, viajámos com cinco sentidos bem alerta e sempre a brincar com a valiosa ajuda da imaginação. Pois é… Vemos, ouvimos, cheiramos, saboreamos, tocamos e, claro, com toda essa informação, pensamos e imaginamos. Todos os sentidos são utilizados para conhecermos o mundo em que vivemos. Com esses cinco amigos bem acordados vamos escolher um objeto para conversar, para descobrir… teremos de começar por lhe fazer uma pergunta, depois outra e outra… tal e qual como fazemos quando queremos saber uns dos outros.

Vamos então conversar com os objetos? Eis que a Paula nos apresenta um divertido fantoche. À primeira vista parece feito com uns colãs às riscas, mas será só isso? Para sabermos temos de tocar. Ahhh, afinal tem também papel! Mas que fantoche será aquele? Como se chama? Quem o criou? Perguntamos-lhe?

Mas as surpresas não ficaram por aqui. A Paula trouxe também fotografias de peças do museu, como jarras, bustos, pratos e até uma naveta de prata. Gostávamos de conhecer melhor a história desses objetos? Então começamos por pensar que perguntas devemos fazer. Curiosos, perguntámos-lhes: quando foram feitas, quem as fez, o que representam, de que materiais são feitas, para que servem ou que funções tiveram, quantos anos têm, a quem pertenceram… e as perguntas não têm fim!!!!!!

Experimentámos imaginar que os nossos objetos podiam falar, ter vida e sentimentos como nós … “ até ouvi a minha pasta dizer: - o meu dono é um bocadinho dorminhoco e …eu às vezes chego tarde à escola por causa dele!”

Só por observarmos imagens de objetos com muita atenção já conseguimos algumas respostas!!! Outras respostas aguardam a visita ao Museu Nacional de Soares dos Reis para as peças serem conhecidas e observadas de perto. E tal como fazem os detetives, há perguntas que para serem resolvidas precisam de pesquisa. Como os detetives teremos de seguir pistas para conseguirmos respostas que nos ajudem a conhecer as mil e uma coisas que um objeto nos pode contar.
Por falar em pista, já agora, vamos espreitar o mapa do Porto para vermos onde fica o Museu. Assim, como verdadeiros investigadores, começámos logo a planear a nossa visita.

Comunicar é estar em ligação com os outros, é dar e receber informação: palavras, sorrisos, gestos, sons, coisas…Hoje descobrimos que podemos estar à conversa com objetos e através deles descobrirmos e imaginarmos muitas coisas. E com imaginação podemos encontrar novas formas e brincadeiras para comunicar.

E agora, no teu sossego, queres inventar e construir um objeto novo, por exemplo um brinquedo… ou preferes escolher um objeto que nos conte a sua própria história, as suas aventuras?

Conta Lá!

< LISTA DE ACTIVIDADES