Educação para a Cultura e para a Criatividade
Sessão
A escola vai ao MNSR - Retrato e Autorretrato
03 Maio 2012
Entidade
Promotora
Associação Porto Digital
Parceiro(s)
Museu Nacional de Soares dos Reis
Orientação
Paula Azeredo
Vamos ligar a ficha dos cinco sentidos? Vamos apreciar uma obra!
Ouvir, cheirar, tocar, ver, saborear... dentro de uma obra!
"Cinco?!" Ouviu-se uma voz: "as mulheres têm ainda um sexto sentido, a intuição."

Tudo isto é possível no MNSR! Basta querermos entrar e viver, por um bocadinho, numa obra, vestir-lhe a pele. Fizemos esse exercício numa pintura. Convidámos também a senhora Ima? Ima?! Sim, imaginação! Nesta sessão falámos muito com ela. Tudo aconteceu "a fingir"! Mas aconteceu!!!

Dar força à sonoridade das palavras pode ser um jogo bem divertido e ajuda a memória. "Corrrrrrrosão"... não esquecer mais que nos museus "tocamos a Arte com a nossa imaginação e não com as mãos". Alertados para esse cuidado a ter fomos conversar com o autorretrato de Henrique Pousão e viajamos até França.

Não basta termos a imaginação a funcionar para sermos pessoas criativas. É preciso passar à ação e produzir algo que os outros reconheçam, algo a que dêem valor.

Fizemos um "retrato vivo" inspirado num retrato que o pintor nos deixou: "Velha a dobar". Com alguns objetos, reproduzimos esta cena onde o retrato e a paisagem se misturam. Sentámo-nos a seu lado, no chão, com as mãos na relva fresca. Que texturas sentimos, que sons se ouvem, quem mora ali? Em que estação do ano estamos? A que velocidade passa o tempo neste lugar?

O que pode um retrato dizer da pessoa retratada, da sua personalidade?
A partir das obras "Cansada" e "Esperando o sucesso" compreendemos a importância da postura do nosso corpo; ela revela também o que estamos a viver.

E tu, como gostavas de ser representado ou de te representares a ti próprio? Num instantâneo, apanhado de surpresa a fazer algo de que gostas muito ou a fazer uma pose bem estudada? Num espaço aberto sobre uma grande paisagem ou dentro de... E que objectos queres ter por perto?

Aqui fica o desafio para a próxima sessão do Livro de Curso.

< LISTA DE ACTIVIDADES