Educação para a Cultura e para a Criatividade
Sessão
Na escola - Nem só de sombras se faz um teatro
05 Junho 2012
Entidade
Promotora
Associação Porto Digital
Parceiro(s)
Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo
Orientação
Irene Cortesão Costa
Tiago Candal
Tiago Ralha
Walter Almeida
Preparados para o primeiro ensaio?
Cenários, retroprojetores e equipamentos de som preencheram a nossa tarde de trabalho.

Luz, cor e forma desde cedo tornaram-se as grandes premissas para o nosso teatro de sombras.
Cada projeção é um cenário à espera de uma história, onde o espaço se torna pequeno para tudo o que queremos contar, explorando as sombras aliadas ao som. Mas onde e como se cruzam a imagem e o som?

Tornou-se então fundamental familiarizarmo-nos com a voz-off da nossa história, proferida pela Margarida. Na presença dos nossos ''inspetores de sons'', conhecemos algumas formas de produção sonora, ajudando-nos a compreender todo o processo de captação e tratamento áudio. Uma viagem especial ao mundo da tecnologia.

Nos retroprojetores as nossas personagens mantinham-se estáticas. Como podíamos dar-lhes movimento? O Walter deu-nos uma ajuda com os manípulos. O mais difícil foi mesmo darmos vida aos nossos animais tendo sempre em atenção os sons que nos rodeavam.

O grande dia aproxima-se e temos muito a ensaiar pois o nosso teatro estará sempre a crescer: todos os segundos uma sombra para desvendar.

< LISTA DE ACTIVIDADES