Educação para a Cultura e para a Criatividade
Sessão
Na escola - Construção de cenários
02 Maio 2012
Entidade
Promotora
Associação Porto Digital
Orientação
Walter Almeida
O que se pode fazer com uma folha de acetato?
E se cada folha de acetato se transformasse num cenário à espera de uma história?

Vamos construir cenários para a nossa história? Que símbolos emblemáticos da nossa cidade queremos representar? E do local onde a nossa Escola está inserida? Tocados pelo ambiente que nos rodeia, demos início aos nossos trabalhos.

Já temos animais da terra, do mar e do ar. Que elementos faltam ao nosso mundo mágico? Árvores frondosas e bonitas inspiradas na verdejante Praça da Corujeira... Monumentos simbólicos da cidade do Porto... Verdadeiros ex-libris como o Monumento aos Heróis das Guerras Peninsulares, a Sé do Porto e a Igreja dos Clérigos... O nosso teatro une elementos reais e imaginários obtidos a partir das descobertas realizadas aquando das nossas visitas ao exterior e da recolha e partilha de informação com a nossa professora e os nossos familiares.

Altas ou baixas, grandes ou pequenas, repletas de janelas, representamo-las em tons azuis e encarnados... Sabem a que elementos arquitetónicos nos estamos a referir? Muitas vezes degradadas pelo passar dos anos, as casas do Porto esperam pelo nosso olhar para ganhar vida.

Tempo ainda para desenharmos algumas pontes, pontos de passagem obrigatória. Barulhentas e misteriosas, queremos que também façam parte do nosso Teatro de Sombras.

E que processos podemos utilizar? Desenhar em papel branco e decalcar para folha de acetato... ou algo mais complexo. Desenhar em papel branco, recortar e transpor para cartolina preta. Em seguida, recortar com a ajuda de um x-ato os espaços a colorir e preenchê-los com papel celofane. Diferentes meios para atingir o mesmo fim! Confusos? Não estejam!

< LISTA DE ACTIVIDADES